Tuesday, August 08, 2006

Amuleto de Franco

Acabou a ressaca pela festa da conquista da Copa do Brasil. O jogo contra o CAP não pode ser considerado pois ocorreu como aquelas brincadeiras de final de ano, um time de caras com mais de 30 anos gordinhos bêbados vai jogar contra uma equipe de crianças e acaba perdendo. Foi isto que ocorreu na Arena da Rebaixada.

Com a parada do campeonato para a Copa do Mundo o Mengão deixou de se preocupar com o Brasileiro, a prova maior disso é que conquistamos 3 derrotas e 1 empate enquanto o Super-Vice venceu 3 delas. Uma prova que o planejamento foi bem executado é que o Super-Vice continua sendo o Super-Vice.

A partida tinha como apelo o primeiro jogo em casa após a conquista sobre o Vasco, a volta de Sávio e, de forma inesperada, o possível último jogo de Jônatas pelo clube. Como o Flamengo é o único time carioca que tem torcida atuante esta não titubeou e marcou presença com mais de 40 mil pagantes. E não se arrependeu! Com Sávio lembrando, aos 32 anos, o menino louro de 20 que não tomava conhecimento dos marcadores a Nação matou as saudades.

Porém o velho problema se repetiu: o time não faz gols. Desde 2003, o Flamengo é o time que menos marcou gols de todos os que disputaram as 4 edições com turno e returno, porém também leva poucos gols. Este fato merece um estudo.

As chances foram criadas e perdidas. Com Luizão ainda sem condições e os zagueiros do Lopes, fazendo o que seu comandante mais gosta, batendo no Sávio o pouco poder de fogo do esquadrão rubro negro fez-se presente mais uma vez. Com certeza é uma das mandingas da torcida Arco-Íris que pegaram.

Ney Franco tem estrela. Mais uma vez mudou o esquema e conseguiu o resultado que precisava. Sacou Léo, que vinha fazendo a função de líbero, e colocou Obina. O atacante baiano com nome de nigeriano, mas se chama Manuel mostrou que não sabe fazer gols porém consegue marcar quando é mais necessário. Já virou o amuleto da torcida. Contudo a vitória não veio fácil, o Goiás conseguiu equilibra a partida, já que ganhou o meio-campo, mas também não sabe fazer gols. Então, da mesma forma que ocorreu no jogo contra o CAP, o time que estava sendo atacado acabou marcando com o ‘Amuleto de Franco’, que resolveu mais uma vez.
Assim Obina colocou a truculência de Lopes e sua gang em um lugar de onde não devia ter saído.

Como não há no elenco outro jogador com suas características Jônatas irá fazer falta o time. Opções não faltam: Léo Medeiros sai na frente por já trabalhar a mais tempo com Franco, Junior parece que desistiu do time (a torcida já desistiu dele há séculos), Toró também pode aparecer ali e Renato pode fazer essa função, abrindo espaço para Peralta, Renato Augusto ou Fellype Gabriel.

O resultado fez o time ganhar 4 posições na tabela e a próxima partida será novamente em casa contra a Ponte Preta que com seu time de reservas conseguiu humilhar o Fluminense.

Vejamos o que acontece.

No comments: